29 de junho de 2010

Oferta de um selinho


A minha amiga Hélia, do blog Mais um sobre culinária, enviou-me este selinho, o primeiro que recebo.
Obrigada, amiga.

Este selo é : "O Prémio Dardos é uma forma de reconhecer os valores que cada blogueiro se dedica de forma intensa para transmitir os valores culturais, humanos, literários,...Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento pelo seu trabalho."

REGRAS:

1-Exibir a imagem do Selo no blog.

2- Exibir o link do blog que você recebeu a indicação.

3- Escolher 10,15 ou 30 blogs para dar indicação.

E aqui vão os blogs a quem ofereço o selinho:

http://vaiumafatia.blogspot.com/

http://aasreceitasdaamizade.blogspot.com/

http://vitamina-abc.blogspot.com/

http://ratatuidospobres.blogspot.com/

http://sabores-requintados.blogspot.com/

http://mfp-apadaria.blogspot.com/

http://asreceitasdatita.blogspot.com/

http://as-receitas-da-sonia.blogspot.com/

http://de-volta-dos-tachos.blogspot.com/

http://diariodeumamaeatempointeiro.blogspot.com/

26 de junho de 2010

O que levo quando saio com os meus filhotes

Recebi da Ana Abreu um comentário simpático ao meu post Dicas para mamãs, em que ela partilha o que leva quando sai com os filhotes dela, por isso vou também partilhar o que faço quando saio com os meus filhotes.

- Se vamos para casa da minha mãe: não levo nada. Ela já lá tem as coisas que eles precisam porque a Sara fica com ela o dia todo e o Daniel quando chega do Jardim vem sempre com fome, por isso ela tem sempre o lanche dele à espera.

- Se vamos passear, levo: para Daniel, uma garrafinha de água, um pacote de bolachas que partilha com a irmã, um brinquedo para se entreter e um casaquito para o caso de arrefecer. Para a Sara, fraldas, toalhetes, lenços de papel, uma roupita de reserva, um brinquedo para se entreter também, um casaco e uma mantinha, só para o caso de ser necessário, o biberão da água, iogurtes iogolino porque não precisam de frio e um boião de fruta. Parece muita coisa mas não é e cabe tudo na mochila.

- Se vou só ao supermercado, levo: água e bolachas para os dois e uma fralda e toalhetes, num saquito na mala, não vá acontecer um presente inesperado.

Quando eles eram mais pequenos, cheguei a levar sopa dentro de um termos, porque às vezes não havia nos restaurantes, ou mesmo em casa de amigos e família. Com a Sara aconteceu menos, porque também saímos menos, mas quando vejo que vou a algum sítio que possa não ter sopa, levo de casa.

Quanto aos documentos, levo só o cartão de cidadão deles, uma vez que tem o número de utente do SNS.
Basicamente é isto que levo comigo. Às vezes, conforme a distância ou o destino, levo mais alguma coisa para comer ou para vestir porque gosto de prevenir.

24 de junho de 2010

As fotos da menina

À chegada, só houve tempo para esta foto, com o livro em italiano e grego. Mas já consegui o PDF do livro em português, se alguém estiver interessado. Não é que tenha muitas receitas, é mais pelos quadros com os tempos de cozedura, que sempre servem para orientação. Pela net circulam muitas receitinhas fáceis e saborosas que pretendo experimentar.


Conforme as instruções, descasquei e cortei as batatas em palitos, lavei (como faço sempre) e sequei num pano.


As batatas na máquina, com uma colher de óleo e prontas para começar.


Esqueci-me da foto das batatas prontas, mas ficam iguais às outras, só com menos óleo.
A seguir, coloquei a carne e um fiozinho de azeite. Mais adiante na preparação acrescentei um pouco de vinho branco para ficar com um pouco de molho, mas não pus muito porque tive medo de estragar já a máquina, eheheh.


E aqui está o resultado final, uma carninha tostadinha e saborosa. Acompanhada das batatas fritas, arroz para o Daniel, e salada  foi um jantarinho 5 estrelas.


23 de junho de 2010

E a menina já trabalha...

Já parecia que eu tinha 5 anos, em pulgas para estrear o brinquedo novo. Depois de muito pesquisar e pensar e sonhar, aproveitei uma promoção espectacular da Pixmania . Como o meu marido trabalha em Lisboa, foi buscá-la à loja, por isso poupei nos portes. Chegou na 2ª feira mas não deu para fazer nada, só tirar da caixa e tirar uma foto :(

Mas ontem fiz lá o jantarinho e ficou tão bom. A única queixa é que... era pouco. Fiz carne de porco à portuguesa, porque o meu marido não gosta de ameijoas e reclama do sabor que fica (homens..).

Então comecei por temperar a carne: sal, alho, pimentão doce, uma folha de louro e vinho branco. Ainda pensei fazer as batatas na Actifry e a carne na frigideira. Mas depois pensei "Náaa, vou experimentar fazer tudo na máquina". Os homens da casa foram regar a horta e as meninas ficaram na cozinha uma a fazer o jantar, a a outra a reclamar porque já tinha fome.

Descasquei e cortei as batatas em palitos (para a próxima faço em cubos, mas para a 1ª vez estava com medo que não ficassem tão boas), coloquei na máquina, deitei uma medida de óleo por cima conforme as instruções, programei 20 minutos e liguei. O que fazer entretanto? Fui dar banho à Sara.

Depois de a despachar, as batatas ficaram prontas, tirei para uma travessa, que pus no forno para se manterem quentes, e coloquei na Actifry a carne, um pouquito de azeite e programei mais 25 minutos. Entretanto, fui dar a sopa à Sara que se tinha entretido com uma batata frita.

Sinceramente, ontem fiquei sem saber o que fazer com tanto tempo livre. Costuma ser sempre uma correria chegar a casa, preparar o jantar, dar banhos, dar o jantar à pequenita enquanto a comida faz, ver se as batatas  não queimam, preparar roupa para o dia seguinte, etc..  O jantar atrasa sempre, o Daniel abusa das bolachas e depois não come nada de jeito e é sempre um stress.

Mas ontem tive tempo para fazer as coisas com calma, porque consegui conciliar tarefas diferentes enquanto a comida se fazia. E sem ficar com cheiro a fritos em casa.

Achei a máquina um pouco barulhenta, mas muuuito menos que o meu exaustor, que parece uma turbina de avião (é exagero mas é muito barulhento).

Por agora fica só o texto, as fotos coloco mais tarde porque ainda falta passá-las para o computador e colocar a marca de água que a Hélia me ofereceu.

22 de junho de 2010

Dicas para mamãs

Hoje recebi a newsletter do SAPO Família e como trazia uns conselhos interessantes para as mamãs, achei que seria útil partilhar com as outras mamãs que, talvez, não recebem esta informação.

Crie as suas próprias refeições e pequenos petiscos para o bebé. Pouco depois de regressar da mercearia, encha uma série de caixas de plástico (com tampas) com porções individuais dos cereais do bebé e uma série de sacos de sanduíches com snacks, para que os possa ter prontos quando precisa deles para uma refeição ou para sair.


Equipe o automóvel. Mantenha no carro uma reserva de bebidas e pequenas refeições não perecíveis, de fraldas e outros bens indispensáveis, para não perder tempo a juntar as coisas quando precisa de sair de casa. Algumas mães guardam um segundo saco de fraldas no carro para este propósito.

Adira às novas tecnologias. Pague contas, efectue operações bancárias e até as compras pela Internet.

Ponha de molho antes de lavar. Encha o lava-loiça ou um alguidar com água e detergente e coloque os pratos, os biberões e outros utensílios de cozinha lá dentro. Quando regressar, será muito mais fácil lavá-los.

Invista em produtos domésticos. Pondere optar por produtos de limpeza e para lavar a roupa mais “extravagantes”, que poderão custar mais, mas poupar-lhe-ão tempo e energia. Mantenha-se organizada e livre-se da desarrumação utilizando um bom sistema de prateleiras, cestos e outros recipientes.

21 de junho de 2010

Uma nova ajudante lá para casa

A minha nova ajudante está quase a chegar. Ó p'ra ela tão linda!! Espero que corresponda às expectativas, porque a desgraçada vai-se fartar de trabalhar a experimentar as receitinhas que circulam por aí...

18 de junho de 2010

Passatempo do Blog Olhos Dourados

Esta é minha estreia em passatempos destes. Quem sabe? Talvez me calhe qualquer coisita... Participem também.

17 de junho de 2010

Parabéns princesa!!

Fotografia tirada pelo mano Daniel

16 de junho de 2010

Omelete de restos de frango assado

No outro dia sobrou um pouco de frango assado e para aproveitar decidi fazer uma omelete. Numa frigideira anti-aderente coloquei uns pedacinhos de manteiga, desfiei o frango lá para dentro, fritei umas batatas (também costumo aproveitar quando sobram o que não aconteceu desta vez) e coloquei por cima. Para a quantidade de frango e de batatas que usei, bati 7 ovos com um pouco de fermento e leite e uma pitadinha de sal. Levei ao lume brando, sempre atenta porque a frigideira não pega mas queima e quando vi que estava quase pronta virei com a ajuda de um prato, para tostar do outro lado. Ficou muito saborosa e é um prato que, lá em casa, todos gostam e nunca sobra.

Aniversário da minha princesa

Reparei agora que o ticker da Lilypie diz que a minha princesa já tem 1 ano. Realmente ela nasceu na 4ª feira, dia 17 de Junho de 2009. Por isso ainda falta um dia para dizer "Parabéns Princesa".

Knorr natura

Inscrevi-me, já há algum tempo, no site da Knorr para receber uma oferta: uma amostra dos novos caldos natura. Recebi na semana passada a minha amostra, um caldo de legumes. Agora toca a procurar uma receitinha para experimentar.

13 de junho de 2010

Fim de férias

Por agora, acabou-se. Amanhã volta tudo ao trabalho: mãe, pai, filhos todos voltam à rotina de levantar cedo, ir trabalhar, escolinha, avó e depois casa, banhos, jantar, preparar para no dia seguinte voltar ao mesmo. E logo hoje está sol, depois de 2 semanas de tempo encoberto e chuva, hoje que tenho que preparar as coisas é que se lembra de fazer sol a convidar para ir para a rua. Mas sou resistente, tenho mesmo que ir passar a ferro :((

12 de junho de 2010

Bolo de batata

O Daniel pediu-me um bolo e escolhi fazer um bolo de batata, receita que vem nas embalagens de fécula de batata da Globo:
Bate-se 200gr de açucar com 150 gr de manteiga até ficar cremoso. Juntam-se 3 gemas, 250 gr de fécula de batata, 50 gr de amêndoa torrada e moída e 2 colheres de chá de fermento. Por fim juntam-se as 3 claras batidas em castelo. A receita recomenda untar a formar e levar a forno moderado por 40 min, mas como o meu forno tem mau feitio, costumo untar a forma e forrar com papel vegetal e também coloco uma tigela com água, regulo-o no 5 (cerca de 180º) e demora 60 minutos a cozer.
Entretanto o meu marido lembrou-se que podíamos ir jantar a casa dos pais dele. Recheei e enfeitei o bolo com morangos da minha horta e natas e só sobrou o que está na foto.

11 de junho de 2010

Salsichas com esparguete

No campismo, as refeições são muito simples, geralmente à base de sandes ou grelhados na brasa. Como o meu filho é um pisco a comer, a não ser que seja alguma coisa que ele goste mesmo, decidi fazer para um almoço, para ele, salsichas com esparguete. Num tacho, deitei um pouco de azeite e um dente de alho picado e levei ao lume. Juntei as salsichas de coktail e deixei fritar um pouco. Juntei então o esparguete que já estava cozido e misturei. Não tem nada de especial, mas ele gostou e pelo menos ficou de barriga cheia.

Reciclagem - Frascos de vidro

Gosto de guardar frascos, é mais forte do que eu, não consigo deitar fora porque penso sempre que um dia vou precisar. Então aproveito e uso para guardar coisas, por exemplo os frutos secos, massinhas e pão ralado.

10 de junho de 2010

O candeeiro da Sara


Este é o candeeiro que fiz para o quarto da Sara quando ela nasceu. O candeeiro já tinha lá em casa, mas era todo liso. Achei que a minha princesa precisava de cor no quarto e fiz estas aplicações em feltro colorido. Em vez de gastar dinheiro num candeeiro novo, reciclei o que lá tinha, poupei dinheiro e acho que ficou giro.

2 de junho de 2010

Férias!!

De férias e quase, quase a ir passear. O Daniel já não aguenta de ansiedade para ir acampar. O ano passado não fomos porque nasceu a Sara, mas este ano espero que seja o início de um Verão ao ar livre. Há 2 anos, começámos em Maio e acabámos em Outubro. Como tenho roulote, ela ficava no parque durante a semana e íamos ao fim de semana e feriados. E não ficámos sempre no mesmo parque de campismo, íamos mudando para conhecer sítios novos. Foi cansativo, mas sabia bem chegar à 6ª feira e sair para um fim de semana fora da rotina. Vamos ver como corre este ano.

Tarte de morango


Ontem tive visitas ao almoço e tinha que apresentar uma sobremesa, claro! Pesquisei na net (mais rápido que consultar as centenas de livros e revistas e folhas soltas com receitas que tenho em casa) e adaptei esta receita:
Forrei uma forma de tarte de silicone com massa folhada e levei ao forno a cozer (não esquecer de colocar o papel vegetal com feijões para a massa não empolar e perder a forma. Eu esqueci!! Mas ficou bom na mesma.)

Ingredientes para o recheio:
1 lata de leite condensado
a mesma quantidade de natas (eu uso sempre as vegetais, habituei-me e não quero outras)
5 folhas de gelatina branca
800 gr de morangos +-

Arranjar os morangos reservando alguns para enfeitar. Os restantes cortar em pedaços pequenos. Demolhar a gelatina em água fria. Bater as natas com o leite condensado. Derreter a gelatina (não escorrer toda e levar ao microondas cerca de 10 seg ou mais conforme a potência). Juntar os morangos cortados à mistura de natas e a gelatina derretida e misturar bem. Deitar por cima da massa folhada, enfeitar com os restantes morangos e levar ao frio. Como usei uma forma de silicone, foi fácil retirar, mas também podem usar uma forma de aros para desenformar fácilmente.

Apesar de gozar comigo por causa do pé de morango que usei para enfeitar, o meu marido foi o primeiro a repetir. :))

Espero que gostem também.