26 de maio de 2011

A violência entre jovens assusta-me. Não só entre jovens, claro, mas principalmente. Fico a pensar o que vai acontecer com os meus filhos. Serão dos que apanham ou dos que batem? Espero que sejam dos que têm os pés assentes no chão, que sabem o querem da vida, que sabem que têm que se esforçar para obter o que querem e que nada lhes cai de mão beijada. Espero que sejam dos que se defendam e defendam quem precisa. Espero poder continuar a dar-lhes todo o apoio que precisem, todo o carinho que merecem. Espero ser sempre um bom exemplo para eles e estar presente quando eles precisarem de mim, para que não precisem de recorrer a outras pessoas que podem ser ou não as pessoas certas.
Sei que não os posso proteger sempre e de tudo e isso custa muito.
Espero e desejo que sejam muito felizes.
Isto tudo porque li agora isto e fiquei atordoada, não só com a agressão em si mas também com alguns comentários que li.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ter tempo para ler o que escrevo e dar-me a sua opinião. Espero que volte.
Um abraço!!!