26 de outubro de 2011

Dona de casa à beira do desespero

Cheguei à conclusão, e não foi agora, que não me consigo organizar. "Porquê??" pensei eu depois de ler tantos blogues sobre organização, livros, revistas, etc.
Até que num momento (raro) de lucidez percebi qual é o problema: preciso que alguém na mesma situação que eu diga como se consegue organizar. Alguém com filhos, que trabalhe fora de casa, sem ajudas da família ou empregada. Alguém que tem horários a cumprir, que chega a casa e tem que cuidar dos filhos, jantar, roupa, etc. Alguém que só tem os fins de semana para as compras, dar um jeitinho à casa, passear com a família, visitar os amigos, preparar a semana que aí vem.
Mas depois de pensar melhor, percebi que até nem estou muito mal. Todos os dias consigo que a família saia de casa com roupa lavada. Todos os dias consigo preparar o jantar, dar banhos, estar um pouquinho com os miúdos, ver um pouco de televisão (mesmo que seja de olhos fechados). O que nem sempre consigo é visitar os amigos, passar tempo no computador, actualizar o blogue, fazer os meus trabalhos manuais (há projectos, não há tempo para eles), as minhas costuras. Ainda há os papéis para organizar, as fotos para separar, arrumar ou digitalizar, coisas que não são essenciais no meu dia-a-dia, mas cuja execução me fariam muito feliz.
Claro que ainda me falta conseguir fazer a ementa semanal. Ainda funciono na base do improviso e isso é muito cansativo. Nos dias que consigo programar o jantar com antecedência, admito que é um descanso, até fico meio zonza com tanto tempo livre.
E depois de falar com amigas e conhecidas, percebi que não sou a única a ter estas dúvidas e dificuldades e que, apesar do stress, todas conseguimos ir levando o dia-a-dia.
Mas se alguém quiser dar sugestões, aceito!

5 comentários:

  1. Olá Cris

    Pois de falta de tempo todas nos queixamos mas lá vamos tendo tempinho para as nossas coisinhas e assim andamos cantando e rindo (digo eu).

    Eu costumo muitas vezes dizer ao meu marido que gostava de chegar ao fim de semana e não fazer nada e sabes o que ele me responde? Não faças....
    Eu digo-lhe que se fizesse isso no dia seguinte havia de haver muita reclamação a dizer que não havia manteiga, pão e por aí.
    resposta dela tens razão o melhor é mesmo irmos ao super no fim de semana.

    Mas amiga dá-te por feliz porque ainda consegues fazer muitas coisas.

    Beijos
    Joana e Sofia

    ResponderExcluir
  2. Sofia,
    O meu marido também é assim muito prático! Ehehe. E no meio disto tudo o melhor mesmo é irmos cantando e rindo.
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Cristina eu não trabalho fora de casa por enquanto (licença de maternidade) e acredita que também me tenho que organizar muito para conseguir ter a noite livre. Regra geral consigo fazer o jantar, dar banhos, jantar e dar jantar à Mia, por os miúdos na cama, tomar banho, arrumar a cozinha, arranjar roupas e mochila para o dia seguinte e sentar me antes das 21h. Mas para isso é preciso muita organização e lá está, estou o dia todo em casa.
    Quanto às refeições a ementa semanal poupa muito trabalho e, durante o fim de semana, se tiveres tempo faz algumas refeições e congela para a semana. Dá muito jeito! Mas olha eu também já aprendi a fechar um bocado os olos à desarrumação e aproveitar o tempo de outra forma. tem de ser senão não fazemos mais nada na vida a não ser trabalhar!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, Maria João.
    Em relação às refeições, há alturas em que consigo fazer isso e resulta muito bem. E a desarrumação lá em casa podia ser pior, até porque os miúdos já começam a arrumar os brinquedos deles, às vezes, eheheh. Neste momento a minha sala tem um tapete novo de puzzles e linhas de comboio.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. Só tenho uma reclamação a fazer, é o tempo livre para visitar os amigos, vê se te concentras sim????
    hehehe

    Ai o dia devia ter 48h, certo??
    bjs
    :D

    ResponderExcluir

Obrigada por ter tempo para ler o que escrevo e dar-me a sua opinião. Espero que volte.
Um abraço!!!