28 de agosto de 2012

Actualização do meu estado: de volta a casa

Ao fim de duas semanas, regressamos. Posso voltar para o campismo??
Foram duas semanas sem stress, sem ralhetes (bem, alguns), sem confusões, sem stress (já tinha dito?). Posso voltar para o campismo?? (acho que me estou a repetir).
Para a semana voltamos à rotina de escolinha e trabalho. Já sei que houve algumas alterações no meu local de trabalho, tipo mudarem a minha mesa de sítio, virada para uma parede (deve ser castigo por ter férias!?).
Mas isso não me está a preocupar por agora e até acho que não me vai preocupar depois. Estou numa onda de não-quero-saber.
O que eu queria mesmo era voltar para o campismo (epá, outra vez?). Espaço, ar fresco, jovenzitos à vontade a brincar, a andar de bicicleta, sem stresses, sem confusões.


17 de agosto de 2012

Actualização do meu estado: de férias

Neste momento a aproveitar a sesta dos piquenos para ler mails e ver coisas na net e escrever qualquer coisa aqui.
Como já tinha escrito antes, viemos acampar. Chegámos faz hoje uma semana e ainda contamos ficar cá mais outra semana. O tempo tem estado bom, com calor e vento q.b. Houve um dia de chuva e tempo encoberto mas já passou.
Apesar de estarmos perto de praias, só temos saído do parque para fazer compras, porque este ano o parque tem piscina. Paga-se para entrar mas mesmo assim, na minha opinião, compensa. O resultado é que o Daniel aprendeu a nadar, à "cãozinho" e de braçadeiras, mas já consegue percorrer a piscina toda sem medo, mesmo na parte mais funda. A Sara também gosta, também já bate as pernas, mas apesar de aventureira, tem medo de ir ao fundo, por isso está sempre agarrada a mim ou na piscina das crianças.
Este ano a crise nota-se no parque porque, em pleno mês de Agosto, pode-se dizer que está vazio. Há espaços por ocupar, não há filas nos balneários, etc. Para mim está óptimo assim, já que detesto confusões.
No entanto, noto que há mais gente porca, infelizmente. São os lava-loiças todos sujos e entupidos, são os tanques de lavar roupa também sujos e entupidos, são os chuveiros que servem de sanita, enfim. Mas a culpa não é dos funcionários que se vêm constantemente a limpar as casas de banho e as zonas de lavagem da loiça, é das pessoas que não têm respeito pelos outros. Este tipo de comportamento será culpa da crise? As pessoas vêm para o campismo porque o dinheiro não chega para irem par outro sítio mais chique e por isso vingam-se? Não, a culpa não é da crise, é mesmo só falta de educação.
Voltando às partes boas, tem sido piscina, descansar, andar de bicicleta, descansar. Só me canso mesmo quando vou às compras, porque tenho que carregar com o saco.
Almoços e jantares à base de grelhados, às vezes quando apetece uma comidinha mais composta, vamos buscar a algum restaurante (sempre sai mais barato que comer lá).
Bem, tenho que ir porque entretanto os meus jovens já acordaram da sesta e o Daniel já vai comprar as senhas para a piscina.
Um abraço.

9 de agosto de 2012

Em modo de férias dentro das férias

Estamos de férias desde o início do mês, mas por agora temos ficado por casa a resolver coisas, praia à tarde alguns dias, brincadeiras em casa dos avós nos outros dias. Mas agora é que vai ser, vamos acampar e já falta pouco.
Já fiz a lista do que é preciso, já comecei a separar as roupas de vestir, roupas de cama, curativos, medicamentos, mercearia, brinquedos. Agora só falta mesmo algumas coisas de última hora para nos pormos a caminho.
Espero amanhã por esta hora já estar no parque de campismo que é o mesmo de todos os anos. Já estivemos em muitos parques, mas voltamos sempre a este. É caso para dizer que não há amor como o primeiro. E este ano até tem piscina. Assim, se não apetecer ir para a praia, ficamos pelo parque mesmo.

5 de agosto de 2012

Uma questão de interpretação...

Daniel: "Mãaaeee, a Sara está a dar-me pontapés!!!"
Sara: "Não estou nada. Estou a fazer festinhas ao mano!"

Com os pés...